segunda-feira, 23 de maio de 2011

reflexão!



"Felizes os humildes de espírito, pois deles é o reino da sabedoria. Mas onde estão os verdadeiros humildes, os que se esvaziam de si mesmos? Onde se encontram os que reconhecem a sua insensatez? Em que ambiente estão os que corajosamente admitem sua pequenez e fragilidades? Onde estão os que combatem diariamente o orgulho? Felizes os pacientes, porque herdarão a terra. Que terra é essa? A terra da tranquilidade, os solos do encanto pela vida, o terreno do amor singelo. Mas onde estão os flexíveis? Em que espaços se encontram os que são amigos da tolerância? Onde estão os que lapidam a sua irritabilidade e ansiedade? Onde estão os que agem com brandura quando contrariados ou frustrados? Muitos não são dóceis nem consigo mesmos. Vivem debaixo de cobranças e autopunição. Parem com a necessidade neurótica de mudar os outros. Ninguém muda ninguém. Quem cobra demais dos outros que de si mesmo está apto a trabalhar numa financeira, mas não com seres humanos. Felizes os que choram, porque serão consolados. Mas porque vivemos num mundo onde as pessoas escondem as lágrimas? Onde estão os que choram pelo egocentrismo que venda nossos olhos e nos impede de ver o que se passa na psique dos que amamos? Quantos medos ocultos nunca foram revelados? Quantos conflitos secretos nunca ganharam sonoridade? Quantas feridas causamos que nunca admitimos? Felizes os pacificadores, pois serão chamados filhos do Autor da Existência. Mas onde estão os que apaziguam as águas da emoção? Onde estão os mestres em resolver conflitos interpessoais? Não somos nós peritos em julgar os outros? Onde estão os que protegem, apostam, se entregam, reconciliam, acreditam? Toda sociedade implica divisão, divisão implica diminuição. Pacificar não é, portanto, ensinar a matemática da soma, mas compreender a matemática da subtração. Quem não compreender essa matemática está apto a conviver com outros animais e com máquinas, mas não com seres humanos." 

O VENDEDOR DE SONHOS - Augusto Cury

Boa Semana a todos! Bjokas

Nenhum comentário:

Postar um comentário